Preto, branco e vermelho ferrari

Fusquinha

Lá estava ele, pomposamente abrigado em sua garagem em preto e branco. Seu vermelho ferrari brilhava, fusquinha antigo, todo inteiraço, placa preta de colecionador. Engraçado é que adquiri meu fusca, nos idos de 2001, numa garagem igualzinha, só alguns blocos acima, neste mesmo conjunto habitacional. Nunca consegui deixá-lo desse jeito, impecável, sempre tinha alguns defeitinhos rondando, mas como todo fusca que se preze dava o ar da sua graça e fazia as românticas respirarem mais fundo.

O que me impressionou hoje, além da belezura desse brinquedo de gente grande, foi a composição em preto e branco do restante da imagem. Algum detalhe de cor, que poderia ser dispensável…. talvez o vermelho ferrari ofusque as outras cores, no meu volkswagen era vermelho cereja, nomeclatura que os amantes de fusca me ensinaram. A cor, sim, a cor e a ausência dela, a composição com roupas penduradas, a garagem 13 – da sorte? – as formas frutíferas do carro – deve ser daí a durabilidade desse desenho, dá vontade de comer – contrastando com as linhas retas de conjunto habitacional.

Foi só um click, como um olhar de soslaio para alguém que se esconde nas sombras, e dá logo vontade do convite: vem fusquinha, vem flertar comigo, vem pras ruas cinzentas de Curitiba, animar as passantes e roubar-lhes aquele suspiro nostálgico e prolongado das mais românticas.

Antes de findar: o nome do conjunto é Conjunto Vênus, lugar para romances, mesmo feito de chapas de metal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s